De acordo com a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU, “as pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual (mental), ou sensorial (visão e audição) os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”.

Deficiência não é sinônimo de doença e, portanto, uma pessoa não pode ter sua vida prejudicada em razão de sua deficiência. A pessoa com deficiência possui limitação ou incapacidade para o desempenho de atividades. Pode apresentar uma ou mais deficiências, percebida ao nascimento ou adquirida ao longo da vida.

PRINCIPAIS DEFICÊNCIAS ATENDIDAS

  • Deficiência Motora
  • Atraso neuro-motor e/ou cognitivo intelectual em sua maioria Paralisia Cerebral
  • Atraso no Desenvolvimento Global

DEFICIÊNCIA MOTORA

A deficiência motora corresponde a uma disfunção, de caráter congênito ou adquirido, que afeta a motricidade dos indivíduos (mobilidade, coordenação, fala).

Pode ter um caráter definitivo, estável ou evolutivo, com tendência a modificar-se com o tempo. Pode decorrer de lesões: Neurológicas (anomalias do Sistema Nervoso Central); Neuromusculares (alterações nos grupos musculares); Ortopédicas (alterações nas estruturas ósseas ou ósseo-articulares) e Mal formação (congênito). 

Consoante a parte do corpo que se encontra afetada, denominam-se: 

  • Monoplegias: paralisias num membro do corpo
  • Hemiplegias: paralisias em metade do corpo
  • Paraplegias: paralisias da cintura para baixo
  • Tetraplegias: paralisias do pescoço para baixo

Embora seja difícil encontrar uma classificação que englobe todos os tipos de problemáticas, os quadros de maior incidência são: Lesão cerebral, Lesão medular e Miopatias.

ATRASO NO DESENVOLVIMENTO NEURO MOTOR

O atraso no desenvolvimento neuropsicomotor acontece quando o bebê não começa a sentar, engatinhar, andar ou falar, numa fase pré determinada, como outros bebês da mesma idade. Esse termo é usado pelo pediatra, fisioterapeuta, psicomotricista ou terapeuta ocupacional quando se observa que a criança ainda não atingiu certos parâmetros de desenvolvimento esperados para cada fase.

Alguns sinais e sintomas que podem indicar que existe algum atraso no desenvolvimento são: dificuldade com a habilidade de linguagem e a compreensão da fala; dificuldade para desempenhar ações básicas de cuidados, como lavar as mãos, vestir a própria roupa, etc; dificuldade com a coordenação motora ampla, aquela que é responsável pelas ações dos principais músculos do corpo: andar, dançar, pular, sentar, etc; dificuldade com a coordenação motora fina, que fica a cargo dos pequenos músculos e dão à criança a capacidade de manipular objetos, desenhar, recortar, escrever, entre outras ações e dificuldade para habilidade de interação social,  em todas as situações que saem do seu contexto familiar.

A Paralisia Cerebral  é um conjunto de desordens permanentes que afetam o movimento e postura. Os sintomas ocorrem devido a um distúrbio que acontece durante o desenvolvimento do cérebro, na maioria das vezes antes do nascimento.

É uma desordem permanente que, embora definitiva, não é evolutiva. A lesão atinge o cérebro quando ainda é imaturo e interfere no desenvolvimento motor normal da criança. Os distúrbios mais relevantes são os motores, sem, necessariamente, implicar na existência de uma deficiência mental associada.

É uma perturbação complexa que compreende vários sintomas, a saber: alteração da função neuromuscular com déficits sensoriais (audição, visão, fala, etc.) ou não e dificuldades de aprendizagem com déficit intelectual ou sem ele.

Os problemas de ordem motora podem aparecer junto de outros distúrbios ligados aos campos sensorial, perceptivo, cognitivo e das ordens comunicacional e comportamental.

As crianças diagnosticadas com paralisia cerebral tem maior risco de ter atraso no desenvolvimento, mas nem toda criança com atraso no desenvolvimento tem paralisia cerebral. 

ATRASO DO DESENVOLVIMENTO GLOBAL

O desenvolvimento global é um conjunto de habilidades responsável pela autonomia de um indivíduo. É importante que todas essas faculdades, presentes em nossas vidas, estejam de acordo com seu funcionamento. Agora, e quando algo não está bem nessas funções? Ocorre o que chamamos de atraso no desenvolvimento global.

Uma pessoa com atraso no desenvolvimento global geralmente demonstra grande dificuldade para estabelecer contato com outras pessoas, independente da faixa etária. A comunicação feita tanto visual quanto verbalmente não é favorecida pelo pequeno.

Além disso, nota-se uma incapacidade da criança começar ou manter uma conversação. Outro detalhe característico é o fato dela ser resistente ao toque, o que leva, como consequência, ao seu isolamento.

Essas características referentes ao TGD são apenas alguns. No entanto, podemos elencar mais delas: fala com ecolalia (repetição de sons); fala mecânica (sem espontaneidade); gostar de brincar sozinho com um objeto específico; comunicação por meio de gestos e fixação em um objeto.

Tel: (11) 5083 3098

transformar@transformar.org

NOVIDADES

Adicione seu email e receba novidades sobre nossos projetos.