A nossa metodologia está baseada na educação Condutiva de modo que quando uma área de desenvolvimento do aluno é aprimorada, as outras áreas vão melhorar também.

A Educação Condutiva é a metodologia que norteia os projetos e oficinas desenvolvidas pelos aprendizes. É por isso que o programa inclui o ensino de habilidades baseadas em todos os aspectos da vida: o desenvolvimento de habilidades motoras, assim como intelectuais, sociais, de auto-ajuda e habilidades acadêmicas.

O sistema de ensino Educação Condutiva reconhece o fato de que o cérebro danificado exige um compromisso significativo de tempo para aprender novos caminhos. A continuidade é necessária para reforçar uma nova habilidade. A Educação Condutiva é um método de ensino destinado a crianças, jovens e adultos com alguma disfunção motora. É voltado principalmente para aqueles com paralisia cerebral, ou alguma outra dificuldade de origem motora. Este método visa o ensino e aprimoramento de novas  funções buscando a autonomia e maior independência.

A Educação Condutiva foi desenvolvida pelo médico húngaro András Petö, que ancorado em seu conhecimento sobre neurologia, ortopedia e educação, delineou um novo caminho às práticas aplicadas com pessoas que têm alterações motoras. Conhecida também como a Pedagogia do Movimento, a Educação Condutiva é uma abordagem que visa a habilitação e reabilitação de pessoas com alterações motoras provenientes de paralisia cerebral, enfermidades degenerativas ou danos por acidente cerebral. A proposta de Educação Condutiva considera o sujeito em sua totalidade, sem dar ênfase ao que ele não sabe fazer, mas sim objetivando suas potencialidades e estimulando-o a aprender com suas experiências.  Essa Pedagogia contribui para a inclusão social e independência biopsicossocial dos participantes, com enfoque na força motivacional da pessoa, sua autoimagem e autoconfiança.

Tel: (11) 5083 3098

transformar@transformar.org

NOVIDADES

Adicione seu email e receba novidades sobre nossos projetos.